website stats
Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Limousine de Putin foi apresentada em Moscovo

Há alguns meses vimos que Vladimir Putin,  presidente Rússo, passou a usar as suas novas limousines, desenvolvidas e produzidas na Rússia (com alguma ajuda da Porsche para os motores). O projeto deu origem a uma nova marca russa de carros de luxo, a Aurus, que apresentou os seus primeiros modelos — o Senat e o Senat Limousine — no Salão de Moscovo.

Segundo o fabricante, a limousine oferece “um nível inigualável de proteção balística e explosiva”, e vai ser utilizado como veículo oficial do governo russo. O carro foi desenvolvido pelo Instituto Central de Pesquisa Automobilística e Motores da Rússia, conhecido pela sigla NAMI, a pedido do próprio Putin, que achou importante e seguro que o país fabricasse os seu próprios veículos presidenciais.

O Senat Limousine equipa com um V8 de 4,4 litros desenvolvido em parceria com a Porsche, e tem um motor elétrico auxiliar. Juntos os dois motores produzem 600 cv e levam o carro de zero a 100 km/h em menos de 6 segundos. Haverá ainda uma versão V12 de 6,6 litros, com 850 cv. Em ambos a tração é integral.

Se o Senat parece muito parecido com o Rolls-Royce, essa era a ideia: fazer um carro russo com o luxo e a opulência do britânico —  algo notado nas dimensões do carro: 5,63 metros de comprimento e entre-eixos de 3,30 metros — ou 1 metro mais longo na versão limousine. O interior também é focado nos passageiros do banco traseiro, que podem reclinar até 45 graus e têm almofadas exclusivas, bem como um figrorífico com taças de cristal e mesas retráteis.

A Auris pretende fazer apenas 150 unidades em 2019 e 2020, mas terá uma nova fábrica com capacidade para produzir 5.000 exemplares a partir de 2021. Por essa atlura espera-se que cheguem os novos modelos da marca: um SUV chamado Komendant e uma minivan chamada Arensal.

loading...