website stats
Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Será este o fim da adulteração de quilómetros?

O Parlamento Europeu prepara-se para apresentar uma proposta destinada a minimizar as fraudes envolvendo carros usados com quilometragens adulteradas na Europa. A proposta será apresentada antes do final do ano.

A solução deverá passar pela implementação de uma base de dados aberta (acessível a qualquer um, à semelhança da verificação do seguro), onde se poderão verificar os quilómetros de todos os automóveis usados. O Parlamento dá como exemplo a Bélgica e Holanda, onde as leituras de quilómetros são reunidas com mais frequência, “o que quase erradicou a fraude de quilómetros nesses países”.

Desta forma, os compradores de veículos usados ??podem verificar a precisão da leitura das quilometragens, independentemente do país da União Europeia em que o veículo for inicialmente adquirido.

“Cerca de 5 a 12 por cendo dos carros usados ??nas vendas domésticas e 30 a 50 por cento dos carros vendidos na Europa têm um odómetro manipulado”, afirma o Parlamento. Isto implica um aumento nos preços de milhares de euros.

Por esta razão surge a necessidade de implementar bases de dados nacionais que podem ser partilhadas entre diferentes países, de modo a restaurar a confiança do consumidor no mercado de segunda mão.

A solução poderá passar pelo EUCARIS, o sistema europeu de informação sobre veículos e cartas de condução, que poderá ser utilizado para este fim. Atualmente, o EUCARIS facilita o intercâmbio transfronteiriço de informações sobre infrações de trânsito, mas também pode ser usado para trocar leituras de odómetros na União Européia.

Em Espanha, por exemplo, cerca de dois milhões dos 30 milhões de veículos atualmente em circulção têm inconsistências na quilometragem, dos quais 87 por cento são carros com mais de 10 anos.

Em Portugal não existe nenhum estudo que indique quantos carros, em média, circulam com quilometragens adulteradas, mas acredita-se que sejam milhares os carros em que as quilómetragens apresentadas no painel de instrumentos não correspondam à realidade.

loading...